USO MISTO ESTAÇÃO VILA PRUDENTE

DIVERSIDADE E ESPAÇO PÚBLICO

O projeto tem como conceito principal e elemento de maior importância: o espaço público. Disto se desenvolvem todas as ideias e elementos que constroem este complexo Multifuncional.

Sempre que possível, a intenção é propiciar lugares de encontro e convívio. As pessoas que requentam o lugar devem contar com espaços que as permitam interagir, mesmo que apenas visualmente. Opondo-se aos lugares onde existem apenas pequenas passagens ou estares introspectivos, isolados, o projeto busca a abertura das relações. Se faz necessário ver e ser visto, para circular ou estar em algum lugar, com exceção das residencias, onde a privacidade atinge seu maior e mais requerido nível.

Partindo deste conceito, dois outros se derivam e estão presentes na concepção do complexo. São eles a porosidade e a fluidez, de maneira que o projeto se abre, mas articulando os espaços e passagens, de forma que cada espaço possa ter determinado nível de intimidade e conforto. A quadra então se abre através de “poros”, acessos controlados por sua dimensão e localização e associados aos usos próximos, porém, todos se conectam de alguma maneira. Esta é a fluidez que através dos diversos trajetos e conexões se interligam e tornam o espaço uma espécie de organismo interconectado, como um corpo só, composto de diversos elementos.

É importante dizer que a porosidade e a fluidez são tanto físicas quanto visuais, de forma que as pessoas, mesmo que não estejam ou não acessem determinado local, ainda assim, possam ver estes locais ou através deles.

Para isto diversos elementos e ideias derivam destes conceitos e compõem o projeto:

Transparência

Bastante importante é o conceito de transparência. Ele se manifesta através do uso do vidro nos fechamentos dos elementos públicos e no grande vazio entre os blocos. A transparência é elemento primordial com a finalidade de proporcionar a visão fluída, desejada no projeto.

Gradação vertical dos usos e dos espaços públicos

O desenvolvimento destes espaços de uso comum se dá juntamente com seus usos, alterados de acordo com a altura, ou seja, quanto mais conectado ao solo, mais público é o uso. Térreo e primeiro comerciais e totalmente liberados para acesso público, segue-se então alguns pavimentos de escritórios que possuem uma área de uso comum somente dos escritórios, e nos pavimentos mais altos estão as residências, que também possui uma grande área de atividades e uso comum, mas que serve somente ao residencial. Esta característica pode ser observada em edifícios que vemos na cidade, onde o térreo sempre é comercial já que é o espaço que deve atrair maior quantidade de pessoas e se relacionar com o entorno.

FICHA TÉCNICA

Nome: Edifício de Uso Misto Vila Prudente
Local: Vila Prudente – São Paulo – SP
Área do Terreno: 10.000 m²
Data do Projeto: Novembro, 2013
Projeto de Arquitetura: Marcell Alencar
Orientador: Sérgio Matera

DOWNLOAD

Para quem quiser os desenhos em pdf e o todo o estudo realizado para este projeto é só clicar aqui. Ficamos felizes em compartilhar tudo o que aprendemos como vocês.

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

    EQUIPE_MINIMA_1x1

    SOBRE NÓS

    O mínima é uma empresa que está em constante busca por formas inovadoras de realizar seu trabalho. SAIBA MAIS AQUI

    COMPARTILHE

    Share on FacebookPin on PinterestGoogle+Tweet about this on Twitter